" EM UMA OBRA DE ALVENARIA, A BASE, O FUNDAMENTO, O ALICERCE É DETERMINANTE PARA A ESTABILIDADE DE TODA E QUALQUER CONSTRUÇÃO LEVANTADA SOBRE SI, PARA COM A FAMÍLIA NÃO É DIFERENTE " - Parte Final

16/06/2014 12:50

                   A Família Cristã – Parte Final

           Família, a Base da Sociedade Humana – Parte Final

Como a Família coopera com o Propósito de Deus

1) Na procriação e criação dos filhos para Deus

É emocionante pensar que podemos ter filhos aos quais Deus deseja adotar como seus filhos. Como muda nossa atitude em relação as tarefas e responsabilidades familiares quando compreendemos isso.

Ter filhos ( sejam próprios ou adotivos ), criá-los, cozinhar, lavar , passar, trabalhar para o sustento diário, instruí-los, educá-los: tudo isso fazemos para Deus! Somos seus colaboradores. Estamos criando "Seus filhos".

Com este propósito todo o trabalho e esforço para a família se transforma em um serviço para Deus. A mesa de refeição ou a pia da cozinha são altares onde servimos a Deus. E se cumpre a visão de Zacarias.

Zc 14:20-21 "Naquele dia se gravará sobre as campainhas dos cavalos. SANTO AO SENHOR; e as panelas na casa do Senhor serão como as bacias diante do altar. E todas as panelas em Jerusalém e Judá serão consagradas ao Senhor dos exércitos; e todos os que sacrificarem virão, e delas tomarão, e nelas cozerão. Naquele dia não haverá mais cananeu na casa do Senhor dos exércitos."

É importante que os pais não só assumam a responsabilidade de criar filhos, mas de encaminhá-los ao Senhor. É necessário:

Orar por eles e com eles

Educá-los com o exemplo

Dedicar tempo a eles

Ensinar-lhes a Palavra de Deus

Levá-los a experimentar Deus de modo que se tornem Seus verdadeiros filhos

O casal que vai ao casamento com o objetivo de obter os benefícios do matrimônio, dificilmente chegará a ser feliz. Descobrirá que na vida em família não se encontram apenas benefícios, mas também trabalho, responsabilidades, dificuldades, lutas e sofrimentos.

Ao contrario, o casamento que vive para cumprir o propósito de Deus, tem uma atitude positiva. Não se amargura diante das tragédias, da luta e do sofrimento; ao invés disso, é feliz, sabendo que toda a vida é um serviço para Deus.

Essa família desfruta de benefícios legítimos? É claro que sim, é muito importante saber que Deus não forma uma família para si mesmo as custas da nossa felicidade. Deus quer que sejamos felizes e desfrutemos plenamente os benefícios que a vida em família nos oferece. Mas esses benefícios são secundários, são os "acessórios". O importante é seu propósito eterno.

E os casais que não podem ter filhos?

Todos os casais podem ter filhos, seja por gerá-los ou adotá-los. Há tantas crianças que precisam de pais!

E os que não se casam?

Podem se dedicar a outros aspectos do serviço na obra do Senhor. Jesus não se casou. Paulo não teve família. Mas os dois viveram totalmente entregues a cumprir o propósito de Deus.

2) Na formação e desenvolvimento do ser humano

A convivência familiar proporciona as circunstâncias ideais para nos conhecermos e aperfeiçoarmos. O lar é o lugar onde nossos defeitos ficam mais evidentes. O homem e a mulher chegam a se conhecer e descobrir a si mesmos no ambiente familiar.

É na convivência familiar que se forma o nosso caráter e também onde mais precisamos praticar as virtudes cristãs: amor, humildade, paciência, bondade mansidão, etc. Ali aprendemos a responsabilidade, a diligência, a submissão, a delicadeza, o serviço, a ordem, o respeito, a tolerância. Vivendo em família aprendemos a perdoar, suportar, confessar, negar a nós mesmos, exercer autoridade em amor, corrigir com bondade, sacrificar-nos pelos outros, orar, confiar em Deus, administrar, compartilhar.

O lar é a escola de formação, tanto para os pais quanto para os filhos. Deus usa a convivência familiar mais do que qualquer coisa para transformar nosso caráter, já que deseja nos conformar na imagem de Seu Filho, de acordo com seu propósito eterno. (Rm8:29)

3) Sendo uma base de crescimento e edificação da Igreja

Uma família abençoa as outras famílias. Deus quer usar nossos lares como base para extensão de Seu reino sobre a Terra. Não apenas cooperamos com Deus na criação de filhos e na formação das vidas, mas também para abrir nossos lares aos perdidos para que encontrem salvação e ensino da Palavra do Senhor.

O Valor da Família

1) A família no fundamento da estrutura social

Através da família, a sociedade se estrutura de maneira harmoniosa, coerente, dinâmica e natural. O que seria da sociedade se não existisse a família? Deus não poderia Ter "inventado" nada melhor que a família para conseguir integração, desenvolvimento e bom funcionamento da sociedade humana.

2) A família gera identidade, alicerce, proteção e cobertura

Estas são necessidades importantes de toda pessoa.

Sl 68:5-6 "Pai de órfãos e juiz de viúvas é Deus na sua santa morada. Deus faz que o solitário viva em família; liberta os presos e os faz prosperar; mas os rebeldes habitam em terra árida."

3) A família é o lugar onde se expressa e se desenvolve a plenitude da capacidade afetiva, psicológica, física e espiritual do homem e da mulher.

Sl 128 "Bem-aventurado todo aquele que teme ao Senhor e anda nos seus caminhos. Pois comerás do trabalho das tuas mãos; feliz serás, e te irá bem. A tua mulher será como a videira frutífera, no interior da tua casa; os teus filhos como plantas de oliveira, ao redor da tua mesa. Eis que assim será abençoado o homem que teme ao Senhor. De Sião o Senhor te abençoará; verás a prosperidade de Jerusalém por todos os dias da tua vida, e verás os filhos de teus filhos. A paz seja sobre Israel."

Conclusão

Como família cristã, a compreensão destas verdades deve nos fazer refletir sobre nossos objetivos, nos levar a fazer as correções necessárias e a consagrar-nos ao propósito de Deus.

Oração

"Obrigado, Senhor, por entender melhor a tua vontade. O nosso casamento é Teu. Declaramos que nossa família existe para Ti. Talvez, quando casamos, pensávamos só em nós mesmos, mas hoje, ao compreender Teu propósito, pedimos perdão e corrigimos nosso rumo. Proclamamos que existimos como família para cumprir teu propósito eterno. Como família nos consagramos a Tua vontade. Amém."

Para pensar e conversar:

1. O que acontece com a família que vive sem um propósito claro, ou com objetivos errados? O que se pode fazer para corrigir este erro?

2. Resumir em uma breve declaração de fé os quatro pontos mencionados no item "Considerações Básicas".

3. Analisar os textos bíblicos de Rm 8:29 e Ef 1:4-5. Quantas coisas são reveladas ali sobre a família de Deus?

4. Por que Deus deseja adotar como Seus próprios filhos, os filhos que criamos em nossa família? Por que precisamos desejar isso?

5. Elaborar uma breve definição do valor da família, baseado nos pontos apresentados no item "O valor da Família"

RÁDIO JESUS A VIDA


Clique no player para ouvir.
Jesus a Vida

contador de usuarios online

VISITAS / ACESSOS        

                    
              DESDE   
                      
 
          A FUNDAÇÃO                   
       
      VISITAS/ACESSOS  
 
    1.928.847

Contato

Pastor Elio Loiola São Paulo Brasil

55(19) 982-276-340 - Whats App

soemcristohavida@gmail.com